O percurso dos grandes museus

Informações

Duração da visita : 3 horas

O preço da visita depende do número de visitantes. De 1 a 3 pessoas: 130 €
De 4 a 7 pessoas: 150 €
De 8 a 12 pessoas: 180 €

O bilhete de entrada não vem incluído no preço da visita. As reservas são feitas por nós gratuitamente.

Museu Accademia

A Accademia é um museu nacional, que se encontra na sede da Academia de Belas Artes.

Neste museu vamos admirar o David de Miguel Ângelo, o herói bíblico que derrubou o gigante Golias. É a imagem-símbolo da beleza do corpo humano e representa ao mesmo tempo a força e a liberdade da República de Florença.

Esta escultura é considerada o ponto mais alto da perfeicão (da arte) da escultura renascentista e nela temos bem visível a expressão da “terribilidade” de Miguel Ângelo. Esculpida por MA quando tinha apenas 26 anos, foi feita a partir de um bloco de mármore que nenhum artista tinha sido capaz de trabalhar. Ele terminou a obra ao fim de 3 anos.

No espaço interior da Accademia podemos ver os quatro “prisioneiros”, também realizados por Miguel Ângelo, que lutam para saírem da pedra. Eles foram esculpidos para o túmulo do papa Júlio II della Rovere, mas ficaram inacabados.

Estas estátuas são prova viva da técnica genial e muito peculiar do artista, que consistia em pegar no bloco de pedra e tirar a matéria que ele considerava supérflua e, à medida que a figura sobressaísse, encontraria a sua definicão.

Galeria Uffizi

É formado por uma galeria de pintura e de escultura inaugurada por Francisco I de Medici em 1581. Símbolo da cultura florentina desde o século XVI até hoje, o edifício foi construído pela administração do grão-ducado da Toscana. Desenhado por Giorgio Vasari, foi encomendado por Cosimo I, pai de Francisco I.

Foi concebido para ser o edificio da administração do grão-ducado, e nele existia, desde o início, uma pequena galeria com obras de arte pertecentes à família Medici, que ao longo do tempo foi crescendo. Por esse motivo é considerado um dos primeiros museus da Europa. Hoje é o museu mais visitado da Itália. Possui uma brilhante coleccão de pinturas do Renascimento florentino, e o conjunto de obras de Botticelli é talvez o mais conhecido.Dele fazem parte, por exemplo, o Nascimento de Venus e a Primavera.

Muitas outras obras importantes podem ser apreciadas neste museu. O Tondo Doni é a verdadeira obra-prima de Miguel Ângelo “pintor” e a Venus de Ticiano é a pintura melhor executada por este artista veneziano.

A partir da galeria Uffizi entra-se para o Corredor Vasariano. Cosme I encomendou a Vasari (por ocasião do casamento de seu filho Francisco I com Joana da Áustria) a construcão de um corredor (com cerca de 800 metros) que ligasse as duas partes da cidade, uma em cada margem do rio Arno, mais concretamente desde o Palazzo Pitti até aos Uffizi (e mais tarde até ao Palazzo Vecchio) passando sobre o rio.

(Este corredor é hoje também um museu, mas está normalmente fechado, e não faz parte do percurso turístico habitual. Pode ser visitado só através de reserva feita com antecedência.)